20,6% das pessoas declaram fazer pouco uso ou nem usar cinto de segurança, diz IBGE

Feriado prolongado logo, logo está aí, e as malas já estão quase prontas para aquela viagem, às vezes planejada, às vezes não. De forma geral, final de semana e sol  já remetem a um lugar diferente, e a busca por respirar novos ares é a meta de muitas pessoas.

 

Mas é importante estar atento às dicas de segurança para quem vai viajar de carro, como deixar o veículo revisado e dentro das normas do Detran,  além da qualidade do uso do cinto de segurança, que também entra neste check-list.

 

A população ainda resiste ao uso do cinto em viagens, principalmente aquelas viagens rápidas, mas todo cuidado é pouco quando se trata de dirigir estrada afora ou até mesmo dentro da cidade.

 

Segundo dados do IBGE,  20,6% das pessoas declaram fazer pouco uso ou nem usá-los quando estão no banco da frente do veículo, quem dirá pessoas que não utilizam o equipamento de segurança. Quando estão nos bancos de trás, metade da população faz o uso, nas  áreas rurais, este número sobe para 44,8% de pessoas que não utilizam a proteção.

 

A diversão é muito importante, mas é necessário pensar também na segurança.  Não esqueça que o uso do cinto de segurança é obrigatório, seja para viagens curtas ou longas. Cintos salvam vidas.