Enem 2022: Prazo para recorrer ao pedido de isenção da taxa negada vai até sexta-feira (29)

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que regula as solicitações das taxas de inscrição do exame, abriu o prazo para que os alunos que não conseguiram a gratuidade no pagamento da taxa, possam recorrer da decisão. Também nesse período, os participantes que tiveram a isenção aprovada na edição passada, mas não compareceram, poderão justificar a ausência com documentos que justifiquem a falta.

As comprovações necessárias para garantir a isenção, assim como a justificativa da ausência ao Enem anterior, devem ser enviadas em formato de PDF, PNG ou JPG com tamanho máximo de 2MB, segundo Inep.

Nos casos de negativa da isenção da taxa, os alunos devem comprovar renda per capta (por cada pessoa da família) menor que um salário mínimo e meio. Alunos inscritos no CadÚnico e que estejam em programas de transferência de renda, têm direito a gratuidade, e nos casos da ausência, é necessário que o participante observe a opção escolhida como o motivo da falta por meio do edital 14/2022, no anexo I, incluindo a documentação de acordo com a opção assinalada.

A isenção do pagamento da taxa de inscrição é válida para estudantes do último ano em escola pública e que tenham estudado todo o ensino médio em instituições de ensino público, assim também, estudantes de bolsa integral em escolas privadas podem solicitar o não pagamento da taxa de inscrição.

O recurso pode ser solicitado na página do participante, e os novos pedidos serão divulgados no dia 6 de maio. Em casos de dúvidas, os participantes podem acessar o site do Inep.

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), acontece em novembro nos dias 13 e 20.

Foto Reprodução