Risoto de abóbora fácil e com ingredientes baratinhos

Que tal darmos ao bom e velho arroz uma cara mais sofisticada, com poucos ingredientes, saudáveis e baratinhos? Parece impossível, mas não é, basta um pouquinho de criatividade e ousadia.

 

Posso chamar risoto, ou apenas de um arroz incrementado, dado que para fazer risoto, deveríamos utilizar o arroz chamado arbóreo, uma variedade italiana de arroz. O seu nome vem da comuna de arbóreo, na região do Piemonte. Ele é rico em amilopectina, o que confere a ele uma cremosidade que não encontramos no arroz comum, mas seu custo é um pouquinho salgado! Por isso, vou te dar uma dica para usar o arroz comum! 

 

Para dar a esse arroz essa sofisticação você vai precisar de: 

 

2 xícaras de arroz cru (sem lavar) 

1 cebola média picadinha (em Brunoise – quadradinhos pequenininhos) 

150 gramas de abóbora cabotiá cozida no vapor e amassada com um garfo 

2 colheres de chá de gengibre fresco ralado 

100 ml de leite de coco 

3 xícaras de caldo de legumes (deixe sobrar um pouco mais caso necessite) 

Sal q.b. (quanto baste) 

3 colheres de sopa de óleo ou azeite 

Cebolinha, salsa ou coentro para finalizar.

 

Modo de fazer: 

 

Amasse a abóbora com um garfo, sem deixar mole demais. Junte o leite de coco, o gengibre e o sal, faça um purê grosso e reserve. Em uma panela, coloque o azeite, deixe aquecer e doure as cebolas. Junte o arroz e deixe dar uma tostadinha (nessa hora, se quiser, pode pingar um dedinho de cachaça).

 

Acrescente a água e abaixe o fogo. Quando estiver secando, o suficiente para ver os furinhos no arroz, coloque o purê e mexa. Abaixe o fogo e continue cozinhando. Se necessário, pingue mais caldo de legumes. Ele vai ficar um arroz mais molhadinho, que é a consistência do risoto.

 

Finalize seu arroz com salsa ou coentro picadinhos e sirva na hora. O que sobrar, você pode fazer um bom bolinho de arroz. Mas isso é assunto para outra edição. 

Mônica Rydlewski

 

Bailarina, produtora de eventos, atua em Paraisópolis há 11 anos. Hoje, além de colunista do Jornal Espaço do Povo e de criadora de conteúdo na Agência Cria Brasil Comunicação, a chefe de cozinha desenvolve diversas atividades voltadas à gastronomia dentro da comunidade.