INSS vai disponibilizar intérprete de Libras

As novas normas também devem incluir documentos antigos e com rasuras na hora do atendimento

A partir desta semana, os trabalhadores, aposentados e pensionistas do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) passam a contar com as novidades nos atendimentos como o direito a acompanhantes, intérpretes de Libras e a aceitação de documentos antigos e com rasuras.

Dentro das novas regras, a inclusão do tradutor ou intérprete de Libras (Língua Brasileira de Sinais) vem para dar o apoio dentro das repartições públicas incluídas no Ministério do Trabalho Emprego e seguridade social, tendo sido assinada a portaria 1.375 de 30/05/2022, sendo inserida e vigorada no DOU (Diário Oficial da União), desde 03 de junho deste ano.

As novas regras para atendimentos e acessibilidade foram confirmadas pela Portaria 1.027 já incluída no Diário Oficial da União desde o final de junho, de forma geral, a agência precisa trabalhar 6 horas ininterruptas, tendo horário fixado com atendimentos das 6h30 às 10h, ficando o período da tarde para pedidos já agendados pelo 135 para os casos mais simples como, perícias e atendimentos internos.

Para os casos mais complexos, as solicitações devem sempre ser feitas pelo canal de atendimento 135 com a observação ´´atendimentos específicos“ , que inclui atualização do CadÚnico, pedidos de empresas, pedido de contestação de Nexos de Técnicos Previdenciários (NTEP) entre outros casos.
Para segurados acima de 60 anos ou pessoas doentes, será possível apresentar documentos de identificação com foto mesmo com rasuras ou mais antigos, que serão válidos para serem atendidos.

Anterior a essas mudanças, os atendimentos eram feitos sem a necessidade de agendamento prévio sendo possível levar acompanhantes. Agora, o INSS disponibilizou atendimentos que dispensam acompanhantes, sendo realizados pelos próprios servidores nos casos que necessitam de acompanhantes, e para as situações que precisarem do apoio de intérprete de Libras.
Todas essas normas vieram para frear casos do aumento dos casos de covid-19 e agilizar o atendimento.

Os agendamentos devem ser feitos via aplicativo Meu INSS ou 135

Foto divulgação