Golpes e fraudes com Pix: não caia nessa

Apesar de toda a facilidade que o sistema de pagamentos instantâneos oferece, é preciso ter muito cuidado para não ser mais uma vítima de golpes

Por Keli Gois

Seja para pagar um boleto, uma conta ou simplesmente realizar transferências em dinheiro, você pode sempre contar com ele, que funciona 24 horas por dia, sete dias por semana. Sim, estamos falando do Pix, o sistema de pagamentos instantâneos que chegou com a promessa de ser rápido, acessível e moderno, e mudou a forma como realizamos pagamentos e transferências bancárias.

Criado há pouco mais de um ano, o Pix tem trazido muita facilidade aos brasileiros, que conseguem pagar contas e transferir quantias em dinheiro em segundos, dispensando toda a burocracia e taxas de transferências. Em setembro de 2021, há um ano da criação do sistema de pagamentos, as transações feitas pelo Pix superaram as realizadas por boletos, TEDs, DOCs e cheques, como demonstram os dados divulgados pelo Banco Central.

À medida que mais pessoas aderem ao sistema Pix por todas as facilidades oferecidas, crescem também os golpes e fraudes, que ocorrem das mais diversas formas. Para o Pix, é preciso cadastrar uma chave, que pode ser o número do telefone, CPF, CNPJ, e-mail ou uma chave aleatória, e é nesse momento de fornecimento de dados que o golpe pode ser aplicado por SMS, e-mail ou WhatsApp.

Um estudo realizado pelo Serasa Experian revela que a cada oito segundos, um brasileiro é vítima de golpes virtuais, sendo as fraudes envolvendo o Pix as mais frequentes. Para te ajudar a entender como esses crimes podem ocorrer, listamos a seguir algumas dicas de como realizar transferências de forma segura e fugir dos golpes, confira:

JAMAIS INFORME A SUA SENHA 

A senha bancária e a sua chave Pix são duas coisas completamente diferentes. Na hora de receber uma transferência, informe apenas a sua chave, suficiente para realizar a transação.

GOLPES POR TELEFONE

Não informe dados e senhas por telefone, existem muitas centrais de atendimento falsas e você pode receber o contato de alguém se passando por funcionário de banco, que vai oferecer ajuda para cadastro da chave do Pix ou afirmar que você deverá realizar uma atualização de cadastro apenas para ter acesso aos seus dados.

NÃO CLIQUE EM LINKS RECEBIDOS POR SMS, E-MAIL OU WHATSAPP

Existem muitos golpes aplicados dessa forma. Ao clicar em links desconhecidos, você pode ser redirecionado para sites e páginas falsas que podem roubar os seus dados.

DESCONFIE DE PEDIDOS DE PIX PELO WHATSAPP

Uma das formas mais comuns de aplicar golpes do Pix é por meio de celulares clonados. Os golpistas podem se passar por parentes e amigos para solicitar que uma quantia em dinheiro seja transferida via Pix. Por isso, antes de realizar qualquer transação, confirme por telefone ou pessoalmente se aquela pessoa está realmente solicitando aquele dinheiro.

MUITO CUIDADO COM QR CODES 

Usar QR codes é muito fácil e te permite realizar transações sem a necessidade de digitar a chave Pix, por isso, antes de concluir qualquer transação utilizando essa ferramenta, verifique as informações da conta do destino e também a quantia que deve ser paga