Paraisópolis recebe o Programa Viver Melhor, formalizando parceria entre ações para a habitação entre comunidade e o Estado de São Paulo

O programa de revitalização irá contemplar mais de 800 casas da favela

Neste sábado, 04, Rodrigo Garcia e Ricardo Nunes participaram da primeira intervenção do programa Viver Melhor, que já teve obras de revitalização realizadas na favela de Heliópolis, localizada na zona sudeste de São Paulo, que agora traz o programa de revitalização para a comunidade de Paraisópolis.

As ações de revitalização, serão acompanhadas pelas iniciativas que fazem parte do escritório de negócios do G10 Favelas – Revitaliza Comunidades e Assessora Comunidades, que já atuam dentro da favela trazendo mudanças de fachadas e orientação para a comunidade sobre como realizar uma construção ou obra de manutenção do imóvel, seguindo as características de topografia do lugar.

O objetivo do Programa Viver Melhor, já implantado em outras comunidades e agora em Paraisópolis, é trazer acessibilidade e dar melhores condições de moradia para as famílias contempladas pelo programa. “Não vamos enfeitar a comunidade, queremos transformar a vida dessas famílias, serão 800 casas com toda a infraestrutura reformada.”, afirmou Rodrigo Garcia, Governador do Estado de São Paulo.

Para Gilson Rodrigues, presidente do G10 Favelas, mais do que novos projetos, está a responsabilidade de colocá-los em prática. “Hoje selamos um pacto entre governo, prefeitura e comunidade. Somos uma favela de oportunidades, mas falta ação, e juntos, vamos retomar o programa de urbanização de Paraisópolis, gerar emprego e combater a fome”, comentou Gilson.

Ainda pela manhã do sábado, a primeira-dama e 11 secretários do Estaduais e Municipais estiveram no pavilhão do G10 para acompanhar de perto algumas das iniciativas empreendedoras apoiadas pelo bloco. Na sequência, houve uma reunião de líderes para debater ações futuras na região, assim como a entrega de cestas básicas para as famílias dos Presidentes de Rua de Paraisópolis.
O encontro entre as lideranças se encerrou após o almoço, no Bistrô Mãos de Maria, na Sede da União dos Moradores da comunidade.