Instituto GPA irá oferecer cursos de confeitaria e panificação para moradores de Paraisópolis

Programa Mãos na Massa será realizado em parceria com o Mãos de Maria, iniciativa de impacto social participante do escritório de negócios G10 Favelas

A partir deste mês, o Instituto GPA, braço social do GPA, inicia mais uma edição do programa Mãos na Massa, iniciativa que desde 2018 oferece cursos básicos e práticos de confeitaria e panificação a pessoas em situação de vulnerabilidade social do entorno das lojas do GPA. Este ano, o projeto será realizado em parceria com o Mãos de Maria Brasil e irá formar 45 pessoas da comunidade de Paraisópolis nos cursos. O objetivo é ampliar horizontes e incentivar a inclusão dos alunos e das alunas no mercado de trabalho, além de abrir novos caminhos para iniciar uma carreira a partir do desenvolvimento de competências e habilidades para o preparo de produções básicas de pães, bolos e doces.

 

Ao todo, serão três turmas formadas no primeiro semestre com cursos de 40 horas de capacitação que também promovem vivências em loja com os colaboradores das redes da companhia, possibilitando a aproximação e a integração das comunidades com as lojas. Este ano, a parceira é a iniciativa de impacto social Mãos de Maria, participante do escritório de negócios G10 Favelas. A organização foi responsável pelo processo de seleção e entrevista com os inscritos e inscritas.

“Para nós, o Mãos na Massa é um projeto muito especial, conectado diretamente com o propósito do GPA de alimentar sonhos e vidas, uma vez que a capacitação pode abrir muitas portas para quem muitas vezes não tem oportunidades, anda mais com um curso gratuito. Este ano, a parceria com Mão de Maria é muito importante para o Instituto GPA por ser uma iniciativa que desde 2007 tem formado mulheres da comunidade de Paraisópolis em áreas da culinária e tem muita sinergia com o que promovemos com o Mãos na Massa”, comenta Renata Amaral, gerente do Instituto GPA.

Desde o início do projeto, foram 14 turmas e 234 pessoas capacitadas em 5 cidades. Todos os anos vemos histórias lindas e estamos empolgados para ver os resultados deste ano, temos certeza que será uma turma especial”, complementa Renata. Exemplo disso é a Joice Melo, participante do curso de confeitaria do Mãos na Massa em 2021. “O curso só tem proporcionado coisas boas na minha vida. Além do conhecimento na área de confeitaria, que eu amo, proporcionou o contato com diferentes mulheres e tem mostrado o quanto somos fortes quando estamos unidas. É muito bom ver que tem gente olhando pelos moradores e moradoras da Maré, onde a vida é bem difícil. Ter um grupo como o GPA olhando por nós traz esperança”, conta Joice.

 Estamos muito felizes com essa parceria de, junto ao Instituto GPA, poder cumprir nossa missão que é promover a autonomia financeira por meio da qualificação profissional. Seguimos ajudando a escrever novas histórias, na certeza que qualquer mulher é capaz de decidir onde quer chegar. São oportunidades como essa que ajudam a diminuir a desigualdade em nosso País”, afirma Juliana da Costa, sócia e fundadora do Mãos de Maria Brasil.