G10 Favelas lança Hub Acelerador de Negócios em Betim (MG)

Modelo criado pelo G10 favelas, voltado para o empreendedorismo nas comunidades, tem se tornado referência como uma iniciativa que fortalece a economia colaborativa e tem apoiado empreendedores de impacto social nas favelas. Depois do sucesso em Paraisópolis, SP, o G10 Favelas inaugura o G10 Hub Acelerador de Negócios no dia 10 de fevereiro, às 9h, no Jd. Teresópolis, em Betim — Minas Gerais. A iniciativa visa incentivar o empreendedorismo nas favelas, visando impulsionar a economia das comunidades, com foco na capacitação e geração de renda.

 

Ao todo, serão implantadas 10 iniciativas que tiveram sucesso em Paraisópolis e serão responsáveis por gerar emprego e renda na cidade mineira. A solenidade de inauguração contará com a presença do presidente do G10 Favelas, Gilson Rodrigues, que acompanhará a entrega de quinhentas cestas básicas para as famílias em situação de vulnerabilidade social da favela do Teresópolis, cadastradas pelos Presidentes de Rua. Na agenda do dia, ainda terá bênção ecumênica, inauguração da horta comunitária, apresentação de painel de negócios e um coquetel, com a participação de empreendedores e parceiros.

 

“É muito importante apoiar o microempreendedor de favela e fazer com que o dinheiro circule nas comunidades. O G10 Hub é uma aceleradora de negócios de impacto social que visa promover a inclusão social e econômica”, comenta Gilson. Esta é a primeira unidade fora de São Paulo, até o final do ano, serão inauguradas outras unidades no Brasil, como na Casa Amarela, em Recife, Coroadinho, no Maranhão, e Sol Nascente, no Distrito Federal.

 

O G10 Hub está instalado na antiga creche da Tia Dulce no bairro Jardim Teresópolis, em Betim, e passou por reformas criando um ambiente mais amplo e moderno. As melhorias contaram com a participação dos alunos de arquitetura da universidade UNA Betim, que desenvolveram o projeto 3D, e a reforma foi financiada pelo fundo de desenvolvimento do G10 Favelas.

 

O coordenador estadual do G10 Favelas-MG, Kenedy Alessandro, ressalta que o escritório de negócios irá ajudar e muito na luta comunitária e social da população. “O projeto do pavilhão foi cunhado objetivando atender diretamente as favelas de Minas Gerais, visando desenvolver, incentivar e aumentar a renda da população por meio do empreendedorismo. As instalações proporcionarão um atendimento de qualidade e humanizado, com conforto e segurança”, afirma Kenedy.

 

O escritório de negócios será um símbolo na luta contra os impactos negativos gerados pelo novo Coronavírus na cidade e região. E ajudará de imediato nas diversas iniciativas que o G10 Favelas já realiza para atender a população mais necessitada que precisa de alimento, emprego, máscaras, kits de higiene, entre outras categorias de atendimento. O local abrigará o comitê dos presidentes de rua G10 Favelas, a Costurando Sonhos Brasil, o Emprega Comunidades, o Mãos de Maria e Sebrae Aqui, entre outras iniciativas.

Para apoiar iniciativas de empreendedorismo nas favelas, acesse o site: www.g10favelas.com.br