Aprenda a começar a investir com apenas R$1

 Aprenda a começar a investir com apenas R$1

Foto: Pixabay

Muitas pessoas ainda não conhecem as possibilidades de investimentos disponíveis no mercado e, sim, há melhores opções do que a poupança para começar a investir.

Muitas pessoas ainda desconhecem os tipos de investimentos disponíveis no mercado financeiro. Outras ainda acreditam que investir é só para os “ricos”. Alguns acham que investir é arriscado e preferem nem tentar. Essas são apenas algumas crenças relacionadas ao dinheiro que é a consequência da falta de educação financeira que atinge grande parte da população no nosso país.

Além disso, durante muitos anos, a poupança foi o tipo de investimento mais divulgado para as pessoas pelas instituições financeiras, com a promessa de ser algo seguro, rentável e dá para começar com pouco.

Essa propaganda despertou o interesse em deixar uma parte do dinheiro investido e, ao mesmo tempo, o medo de aplicar em outro tipo de produto. Quem nunca ouviu alguém dizer: “Ah, é melhor render pouco do que perder dinheiro”.

O grande problema é que quem deixou dinheiro investido na poupança durante os últimos anos, teve rendimento abaixo da inflação. Isso significa que o seu dinheiro rendeu ao longo do tempo, mas não o suficiente para ser maior do que o valor da inflação.

Por isso, é tão importante conhecer novas possibilidades de investimentos para que o seu dinheiro renda mais do que a poupança, que seja tão segura quanto ela e que você possa investir com R$1. Abaixo, temos 4 exemplos:

  1. Tesouro Direto: você pode investir a partir de R$30. É preciso ter conta em uma corretora de valores para investir;
  2. Certificado de Depósito Bancário (CDB): A partir de R$1 e pode investir através de grandes bancos, bancos digitais, conta-corrente remunerada e corretora de valores.
  3. Fundos Imobiliários: A partir de R$5 e apenas através da corretora de valores. Lembrando que os fundos imobiliários, ou FIIs, fazem parte da renda variável, ou seja, é um tipo de investimento mais arriscado, mas que quando você investe com estratégia, pode receber “aluguéis” todos os meses.
  4. Fundos de Investimentos: A partir de R$1 e há a possibilidade de investir através dos grandes bancos, bancos digitais e corretoras de valores.

Lembrando que, antes de investir, é preciso entender qual é o seu objetivo para que você possa escolher o investimento que mais se enquadra com o que você busca. Caso contrário, mesmo um investimento com bom retorno financeiro ao longo do tempo, será uma péssima escolha para a sua vida financeira.

Digiqole Ad
Nayara Mota
+ posts

Nayara Mota é economista Comportamental, Especialista em Planejamento Financeiro Pessoal e Sócia Conselheira do Instituto Êxito de Empreendedorismo.

Relacionados