Trabalhador poderá faltar para fazer exames de prevenção a 3 tipos de câncer

0

A Câmara dos Deputados aprovou 1 projeto de lei que permite aos trabalhadores se ausentar do trabalho “sem prejuízo de salário” para fazer exames preventivos de câncer do colo de útero, da mama ou da próstata. Normalmente, esses exames de prevenção são feitos uma vez ao ano. Ou seja, serão, em média, até 3 faltas justificadas a cada 12 meses.

A lei proposta pelo deputado Daniel Almeida (PC do B-BA) em 2007 depende ainda de sanção presidencial. Na justificativa, o congressista cita índices de mortalidade pela doença no país e ainda a discriminação contra mulheres.

A proposta foi aprovada na 3ª feira (4.dez.2018). Seguiu para sanção presidencial.

TRABALHO NO PRÓXIMO GOVERNO

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, decidiu extinguir o Ministério do Trabalho. Segundo o futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, as atribuições da pasta serão divididas entre 3 ministérios: Economia, Justiça e Cidadania.

O presidente nega que a mudança vá afetar direitos trabalhistas: [O ministério traz] recordações que não fazem bem à sociedade. Aliás, funcionava como 1 sindicato do trabalho e não 1 Ministério do Trabalho. Nenhum trabalhador vai ser prejudicado com a não existência do ministério”, falou na 3ª feira.

Bolsonaro afirmou ainda estar estudando eventuais mudanças na reforma trabalhista, mas não detalhou quais serão.

(Fonte: Poder 360)

Compartilhar.

Autor

Deixe uma resposta