Solange luz | O que é esse tal de Blockchain?

0

Hoje um dos temas mais explorado pela mídia é o Blockchain. As criptomoedas, como o bitcoin, são as primeiras imagens a serem associadas ao blockchain, mas o conceito dessa nova tecnologia vai além das moedas virtuais. Entenda o que é blockchain, como funciona e quais são as suas aplicações.

Conceitualmente, segundo Peter Diamandis, blockchain é um protocolo que permite transferência de valor e ativos seguros de forma direta (sem intermediários).  Para elucidar o potencial de transformação que essa tecnologia trará não apenas aos negócios, mas também na forma como consumimos, comunicamos e nos relacionamos, daremos alguns exemplos.

Imagine que você tem um amigo ou familiar em outro país, e ele precisa de R$ 1.000,00 reais. Para ajudá-lo você decide fazer a transferência.  Mas para isso você depende que uma instituição financeira realize esse procedimento. Ou seja, você confiou a administração do seu dinheiro ao banco. E esse é o problema dos sistemas atuais. Durante anos, dependemos desses intermediários para confiar uns nos outros.

Você pode perguntar: “qual é o problema de depender deles?”. O problema é que o dinheiro é nosso, mas eles que ditam as regras, inclusive os valores dessas transações. Pense nisso por um segundo, o que significa transferir dinheiro? Apenas uma entrada no registro. A melhor pergunta seria então – Existe uma maneira de manter o registro entre nós, em vez de alguém fazer isso?

A resposta você já deve ter adivinhado. Sim o blockchain através da criptomoedas.

Mas esse é apenas um exemplo. Vamos a outros.

Será que o frango que você compra no supermercado teve uma vida agradável, e comeu grãos saudáveis? O Carrefour SA trouxe a solução. Cada frango vendido pela marca Carrefour (não disponível no Brasil ainda) vem com histórico da ave. Tudo que você precisa fazer é digitalizar o rótulo com o seu smartphone para obter todos os detalhes.

Esse movimento é parte de uma tendência da indústria que acredita que o blockchain pode melhorar a segurança alimentar. Será o fim dos alimentos adulterados, papelão misturado a carne e soda cáustica no toddynho.

Outro bom exemplo, é a plataforma que a Kodak criou, onde fotógrafos podem garantir direitos autorais de suas imagens, onde quer que elas sejam utilizadas.

Já deu pra perceber que a tecnologia em blocos pode ser usada em diversos produtos e serviços. Agora imagine Blockchain, IOT e Inteligência Artificial juntos… Sim teremos um mundo muito mais abundante, confiável e compartilhado. E esse futuro está próximo. Ainda tem dúvidas, quer compartilhar sua experiência? Escreve aqui e te responderemos. Bora construir o futuro, juntos!?

Compartilhar.

Autor

Apaixonada por tecnologia, livros e música. Responsável pela criação e curadoria de conteúdos no Voicers, um ecossistema digital de educação que busca democratizar o acesso às tecnologias e tendências futuras.

Deixe uma resposta