Se não come carne, come o que?

0

O consumo de carnes e outros alimentos de origem animal, como ovos e leite, faz parte da nossa cultura e por isso é hipervalorizado. Algumas famílias dividem igualmente a carne entre os moradores da casa de forma bastante rígida, outras reservam para aqueles que trabalham mais ou de forma mais pesada. A intenção é a melhor de todas: valorizar os membros da família. O que é um reflexo de amor.

Mas e se eu disser que ninguém precisa consumir carne de nenhum tipo? Que os alimentos que a terra produz podem manter nosso corpo funcionando com saúde e equilíbrio? Pois é, não precisamos consumir carne de nenhum tipo (boi, frango, peixe, porco), nem os outros alimentos de origem animal (leite e ovos). Mas calma lá! Não é apenas retirar esses produtos sem pensar na qualidade da alimentação, nosso corpo precisa de todos os grupos de alimentos para manter o funcionamento adequado.

A carne e os demais alimentos de origem animal fazem parte do grupo das proteínas, as quais são responsáveis pela força (músculos) e pela regulação da produção de substâncias que nos permitem pensar (neurotransmissores) e das substancias que controlam todo o funcionamento do nosso corpo (hormônios). Ou seja, as proteínas são essenciais para a manutenção da saúde, por isso é importante substituir as carnes por outros alimentos que também são fontes de proteínas.

Esses alimentos são as leguminosas (feijão carioca, feijão preto, feijão fradinho, feijão de corda, lentilha, feijão branco, grão de bico, soja, amendoim) e as castanhas (castanha de caju, amêndoas). As proteínas das leguminosas são bem absorvidas pelo nosso corpo e tão eficazes quanto as das carnes, especialmente quando consumidas em combinação com cereais (arroz, milho, trigo) na proporção de 3 porções de cereais com 2 porções de leguminosas. Essa proporção não precisa ser atingida na mesma refeição, mas ao longo do dia. Por exemplo, vale consumir apenas 2 porções de arroz no almoço e uma porção de milho verde no café da manha!

A diminuição do consumo de carnes e outros produtos de origem animal é uma forma de preservação do meio ambiente e dos seus recursos naturais, como água e solo. Você escolher um dia na semana para não consumir carnes já faz uma enorme diferença! O meio ambiente e o seu corpo agradecem! Faça parte desse movimento!

Compartilhar.

Autor

Mônica Faria Produtora de eventos, culinarista, curiosa e colaboradora da União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis (UMCP) monica.faria@paraisopolis.org

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: