Promotor de justiça de Direitos Humanos, Dr. Délton Esteves Pastore fala sobre direitos do idoso

0

Na programação especial da 8° Semana de Paraisópolis o promotor de justiça de Direitos Humanos, Dr. Délton Esteves Pastore, ministrou a palestra ´Um jeito novo e positivo de encarar o envelhecimento’. A ação aconteceu no Centro Dia para o Idoso, na tarde de uma terça-feira dia 12 de setembro.
Hoje, no Brasil 12% da população está com 60 anos ou mais. O aumento dessa população tem sido muito rápido e esse percentual varia de região para região. Em 2050 estima-se que a população idosa seja igual ou superior a população não idosa.
Segundo o Promotor Délton Esteves dentro das atividades que ele é responsável está a fiscalização das entidades de atendimento de toda comarca. “Essa promotoria de Justiça que atuo hoje tem atribuição coletiva em toda a capital, então toda vez que o interesse de ordem coletiva, ou seja, pertencente a toda comunidade chega ao nosso conhecimento”. Segundo pesquisas realizadas pelo Promotor na Secretaria Nacional de Direitos Humanos, a média de idade em vida no Brasil é de 75 anos e 5 meses. “De 1940 até hoje tivemos um aumento de 30 anos. Tem geriatras dizendo que as pessoas viveram 120 anos”.
Em 28 de agosto de 2013 foi realizado uma audiência pública e na ocasião foi apresentado o projeto da criação de um serviço voltado a pessoa idosa de Paraisópolis. Emerson Cerqueira, presidente da União dos Moradores e Comércios de Paraisópolis, enfatizou que ninguém faz nada sozinho, que todos de alguma forma estão ajudando com o trabalho do Centro Dia para Idoso. “É importante o trabalho que vem sendo desenvolvido aqui no Centro Dia. É uma satisfação muito grande ver isso funcionando com a parceria do pessoal da saúde”.

Compartilhar.

Autor

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: