Paraisópolis receberá investimentos para a construção do Monotrilho

1

Sem títuloEm cerimônia para assinatura de convênio para investimentos em obras do Monotrilho, realizada no último dia 14, a Prefeitura de São Paulo comprometeu-se a repassar R$ 360 milhões para o Governo do Estado para a construção das Linhas 15-Prata, na Zona Leste, e 17-Ouro, na Zona Sul, que vai chegar à comunidade de Paraisópolis.

Atualmente, só o trecho central da Linha 17 – entre Aeroporto de Congonhas e a Estação Morumbi da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), na Marginal do Pinheiros – está sendo construído. Com o investimento, será possível um avanço nas obras para início da construção das estações Panamby, Paraisópolis e Américo Maurano.

Na data, o Governo anunciou a entrega do primeiro monotrilho da capital, a Linha 15-Prata, que só deve acontecer em maio e não em janeiro, conforme havia sido anunciado anteriormente.

Monotrilho

A Linha 17-Ouro terá 17,6 km e ligará o aeroporto de Congonhas à rede metroferroviária. Contará também com 18 estações e terá conexão com a Linha 1-Azul, Linha 4-Amarela, Linha 5-Lilás do Metrô e Linha 9-Esmeralda da CPTM.

Em obras no trecho de Congonhas até o Morumbi, a Linha 17-Ouro chegará à Paraisópolis, passando pelo Jabaquara e integrando com a Linha 1-Azul do Metrô, e só ficará pronta em 2015 e não em 2013, conforme promessa feita anteriormente

Central de Relacionamento vai atender moradores da comunidade

Foi inaugurada no dia 17, uma Central de Relacionamento com a Comunidade, que vai permitir aos moradores acesso ao traçado da Linha 17-Ouro, estações e seus acessos. Além disso, teráa distribuição de folders informativos e terão também um vídeo informando as etapas das obras.
A Central está localizada à Rua Gal João Pereira de Oliveira, 75, entre a Avenida Hebe Camargo e a Rua Dr. Flávio Américo Maurano

Compartilhar.

Autor

Diretor da Agência Paraisópolis, Editor do Jornal Espaço do Povo, Tesoureiro do Instituto Escola do Povo e da União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis, Vice-Presidente do Conselho Gestor do CEU Paraisópolis

1 comentário

  1. Silvio Teixeira on

    Espero que com este grande salto para o desenvolvimento da comodidade venha também a segurança para o bairro em um todo. Pois com a grande onda de violência que esta tendo na só os ricos estão sofrendo como também nos que moramos na comunidade de Paraisopolis

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: