Na capital paulista, beneficiários do Vivaleite têm até 14 de julho para se cadastrar no CadÚnico

0

Os beneficiários do programa Vivaleite, que moram na cidade de São Paulo, precisam se cadastrar no CadÚnico até o dia 14 de julho. No caso da região metropolitana, o programa está trabalhando para que todos os 38 municípios também cumpram o prazo. As regras do Vivaleite mudaram desde 2015 e o cadastramento é o primeiro passo para que famílias continuem a receber o benefício.

O Vivaleite é o maior programa de distribuição gratuita de leite pasteurizado do Brasil. Criado em 1999 pelo Governo do Estado de São Paulo, distribui anualmente 75 milhões de litros de leite. Na capital paulista e região metropolitana de São Paulo, o programa atende atualmente mais de 200 mil crianças e idosos, e conta com mais 1.600 entidades parceiras que contribuem na distribuição. O investimento em toda a região é de R$ 82,7 milhões.

Participam do programa crianças de 6 meses a 5 anos e 11 meses e, na capital, idosos acima de 60 anos. A prioridade é que pertençam a famílias com renda mensal de até 1/4 de salário mínimo per capita. Por mês, cada beneficiário recebe 15 litros de leite enriquecido com ferro e vitaminas A e D.

O CadÚnico serve para que as famílias de baixa renda possam acessar serviços, programas e benefícios sociais. “O cadastro é a visão do governo estadual, para saber quem são, como vivem, quais são as principais vulnerabilidades e como pode melhorar as condições de vida da população”, destaca o secretário de Estado de Desenvolvimento Social de São Paulo, Floriano Pesaro.

Para se inscrever, os beneficiários precisam levar os documentos até o CRAS Vila Andrade, que fica na rua. General João Pereira de Oliveira, 26 ou tirar dúvidas pelo número (11) 3742-3850 / 3603. 

O cadastro deve ser atualizado no máximo a cada dois anos ou quando houver alteração nas informações declaradas no último cadastramento. O CadÚnico foi instituído pelo Decreto nº 6.135, de 26 de junho de 2007 e sua gestão regulamentada pela portaria nº 177, de 16 de junho de 2011.

Compartilhar.

Autor

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:

Powered by themekiller.com