Morador de Paraisópolis, criança de 2 anos morre após contrair meningite bacteriana; familiares já foram imunizados

0

Um menino  de 2 anos morreu no último  domingo vítima de meningite. De acordo com a família, a criança contraiu uma bactéria altamente contagiosa, mas não apresentou sintomas e por isso  frequentou a creche normalmente na última semana. Segundo  informações, o menino foi vítima da bactéria  meningocócica, que  costuma ser a responsável pelos quadros mais graves e fatais da doença.

A Supervisão Técnica de Saúde notificou a Unidade Básica de Saúde (UBS)  III, que atende a região,  e as ações já estão sendo realizadas.  Na tarde desta terça-feira  serão medicadas as crianças que tiveram contato direto com o menino.   A família já foi medicada.

De acordo com a tia do garoto,  não se sabe ao certo como ele contraiu a bactéria, porém,   por telefone, ela desmentiu o boato de que o menino teve contato com uma outra criança, que faleceu  no final de abril, aluno da EMEI CEU Paraisópolis, outra creche da região.

A tia  afirma que o menino estudava na CEI Renata Eugênia Rodrigues, conhecida como creche Anglicana.

De acordo com uma funcionária da creche que preferiu não se identificar, pais e funcionários estão preocupados, já que se trata de uma bactéria altamente perigosa. “ Nós também estamos vulneráveis”, afirmou.

Segundo a gestora da UBS III,  Aline Marion, não há risco para as crianças que não tiveram contato direto com o aluno, já que a meningite é uma doença que pode ser transmitida através do contato com gotículas de saliva do indivíduo contaminado através da tosse, espirro ou fala. Porém a gestora alerta que deve-se “observar a criança em torno de 10 dias e verificar se ela apresenta qualquer sintoma diferente próximo ao estado gripal ou febre”.

O que é a meningite?
A meningite é um processo inflamatório das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. É uma doença contagiosa que pode ser causada por vírus, bactérias e fungos, entre outros agentes infecciosos.

Quais são os principais tipos de meningite e qual o mais grave?
São dois os principais tipos de meningite, a viral e a bacteriana. A meningite bacteriana é mais grave e, dependendo dos casos, pode levar o paciente à morte em algumas horas após o aparecimento dos sintomas.

Entre as meningites bacterianas, a meningocócica costuma ser a responsável pelos quadros mais graves e fatais da doença. Ela é causada por uma bactéria que possui diversos sorogrupos. Os mais frequentes são o A, B, C e o Y e W.

Os sintomas da meningite bacteriana são: febre alta, mal-estar, vômitos, dor forte de cabeça e no pescoço, dificuldade para encostar o queixo no peito e, às vezes, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo. Nos bebês, é importante atenção para a moleira, que fica elevada.

Já as meningites virais costumam ser caracterizadas por um quadro clínico benigno, isto é, que não tem caráter perigoso. Não há tratamento específico. A grande maioria dos pacientes se cura em casa, sem sequelas. Os sintomas assemelham-se aos de viroses em geral.

Ambientes fechados e cheios de pessoas também podem aumentar os riscos de contrair meningite.

 

 

 

Compartilhar.

Autor

Deixe uma resposta