Julia Drezza| Juros: Vamos começar pelo simples!

0

Os juros podem se tornar dores de cabeça de quem tem contas a pagar, financiamentos e dívidas em atraso. Mas você saberia me dizer o que exatamente são os juros, e o que eles representam?

O juro é um valor cobrado pelo dinheiro emprestado, o que pode ser entendido, também como uma taxa de aluguel. Ele pode estar presente em diferentes tipos de aplicação como um empréstimo, uma compra a prazo e até uma fatura em atrasado. Existem vários tipos, mas vamos entender, primeiramente, o que é o juro simples.

Geralmente ele é cobrado por meio de uma porcentagem, a chamada taxa de juros, que varia entre os Juros Simples e os Juros compostos. O tipo de juro cobrado varia de acordo com a situação, e em cada caso, os valores vão se comportar de uma maneira diferente, por isso é preciso estar atento.

Para aplicarmos o juros simples, utilizamos uma matemática simples: o acréscimo somado ao dinheiro inicial, por exemplo:

Você comprou um vídeo game por R$ 500,00 e irá dividi-lo em seis vezes com um juros simples de 1% ao mês. Quanto ele irá custar?

A Conta que deve ser feita é a seguinte:

J = C * i * t

Ou seja:

J = juros J = C * i * t
C = capital C = R$500
i = taxa de juros = x% = x/100 i = 1/100 = 0,01
t = tempo t = 6 meses

 

Sendo assim:

Juros = 500*0,01*6

Juros = R$30,00

Ou seja, no total o videogame custará R$530,00.

Ter um conhecimento básico de economia doméstica, planejamento financeiro e taxas de juros é o primeiro fundamental para a organização das contas, por isso, tenha sempre clareza qual tipo de juros será cobrado, incluindo as letras pequenas e os campos dos boletos e faça as contas para ser evitado qualquer tipo de problema futuro.

Gostou? Na próxima semana falaremos sobre o juros composto, ou aqueça frase “juros sobre juros.”

Compartilhar.

Autor

Gerente de sustentabilidade do Cartão Nova Paraisópolis e coordenadora do programa de educação financeira na comunidade Paraisópolis

Deixe uma resposta