Febre Amarela: Vacinação começa nesta quinta (25) em Paraisópolis, agentes de saúde entregarão senhas nas residências

0

A campanha de vacinação contra a febre amarela em Paraisópolis começará nesta quinta-feira (25). Serão distribuídas senhas por pessoas cadastradas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) pelo Cartão Família.

Para não ocorrer tumulto nas UBS, as Agentes Comunitárias de Saúde irão entregar as senhas de porta em porta na ordem cronológica do Cartão Família. A senha tem que ter o carimbo da UBS, assinatura da agente comunitária e o nome da pessoa que será vacinada.

As pessoas que não estiverem cadastradas irão ser vacinada logo após essa primeira etapa. Está garantido vacina para todos os moradores da comunidade.

Dose Fracionada

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a vacina com dose completa dura a vida toda, enquanto a fracionada valerá por nove anos. A nova regra, já utilizada em países como a Angola, ganhou destaque após análise da Comissão Nacional de Imunização, que apurou a duração da vacina.

A doença é transmitida por meio de picada de mosquito. E é importante alertar que existem três espécies de mosquitos capazes de transmitir o vírus. As espécies de mosquito Haemagogus e Sabethe transmitem a febre amarela silvestre, pois estão concentradas em regiões de mata e interioranas. Já o Aedes aegypti é responsável pela transmissão da febre amarela urbana, que atinge grandes cidades e áreas metropolitanas. Porém, o vírus transmitido é o mesmo, só muda o agente transmissor.

Contraindicações

A vacina contra febre amarela é contraindicada para gestantes, mulheres que estão amamentando, crianças até seis meses e pessoas com mais de 60 anos. Pessoas imunodepressivas, como pacientes oncológicos e portadores de doenças crônicas também não devem tomá-la.

Para essas pessoas, a orientação é evitar picadas de mosquitos por meio do uso de camisas de mangas longas e calças compridas, mosquiteiros e repelentes – grávidas e mães de recém-nascidos, contudo, devem buscar orientação sobre possíveis reações alérgicas a essas substâncias. Se possível, é recomendado ainda buscar telas antimosquitos para os cômodos da casa.

Compartilhar.

Autor

Deixe uma resposta