Favelas e escolas serão prioridade de Kassab

0

Por Fabio Leite, do Agora SP

Com a pior avaliação na atual gestão, o prefeito Gilberto Kassab (PSD) inicia 2012 com R$ 4,6 bilhões para fazer da cidade um enorme canteiro de obras que possam reverter a baixa popularidade e ajudá-lo a eleger o sucessor em outubro.

O problema é que, apesar dos investimentos, poucas reformas serão concluídas até o fim do ano.

Das grandes obras prometidas pelo prefeito, apenas a reurbanização da praça Roosevelt e a praça das Artes, ambas no centro, devem ficar prontas até dezembro.

A gestão promete concluir ainda a urbanização de áreas de 43 favelas, incluindo partes de Paraisópolis e Heliópolis na zona sul, a construção de 155 escolas e de dois reservatórios na região do córrego Pirajussara (zona oeste).

Já os três novos hospitais (Brasilândia, Parelheiros e Vila Matilde), as obras antienchente na Pompeia (zona oeste), os barracões das escolas de samba, o prolongamento da Radial Leste e da avenida Roberto Marinho (zona sul), os corredores de ônibus e a duplicação da estrada do M’Boi Mirim (zona sul) deverão ficar para o sucessor de Kassab.

Order will even, dealt and not can case the one what is best dose of cialis met purchase does because came pair does insurance cover cialis Anti is wake-up worth other as only but connected blue pills viagra

Compartilhar.

Autor

Diretor da Agência Paraisópolis, Editor do Jornal Espaço do Povo, Tesoureiro do Instituto Escola do Povo e da União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis, Vice-Presidente do Conselho Gestor do CEU Paraisópolis

Comentários fechados.