Estados Unidos, México e Canadá sediarão a Copa do Mundo de 2026

0

A Fifa designou a América do Norte como sede da Copa de 2026. Essa é a primeira vez que o evento será disputado em um continente, e não apenas num país. O Mundial ainda volta para o mercado americano, mais de três décadas depois da primeira Copa em 1994. A América do Norte ficou com 134 votos, contra apenas 65 para o Marrocos.

A tríplice candidatura ganhou o direito de receber a primeira edição da Copa do Mundo com 48 participantes — o Qatar, em 2022, será o último com 32 seleções.

Para o México, será a terceira vez em que a Copa passará pelo país: as outras foram em 1970, no tricampeonato do Brasil, e 1986, quando a Argentina levantou a taça pela segunda vez. Os Estados Unidos foram sede em 1994, quando o Brasil faturou o tetra. Já o Canadá, terra natal do presidente da Concacaf, Victor Montagliani, nunca recebeu um Mundial.

Serão 16 sedes — nunca foram tantas (na candidatura, 23 opções foram apresentadas). O comitê organizador da candidatura tripla já definiu que 60 dos 80 jogos do Mundial de 2026 vão acontecer nos Estados Unidos. Os outros 20 jogos serão divididos meio a meio entre mexicanos e canadenses (hoje são 64 partidas).

 

Compartilhar.

Autor

Deixe uma resposta