Empreender é Botar Pra Fazer!

0

Empreendedorismo é uma palavra que tem se repetido bastante quando o assunto é favela (ou comunidade, se assim preferir). Esses territórios deixaram de ser sinônimo exclusivamente de pobreza e problemas sociais. Seus moradores empreendem cada vez mais enxergam oportunidades e querem ser chefes de si mesmos, colocando seus talentos em função da realização de seus sonhos. Há espaço para progredir empreendendo e fazendo a comunidade crescer junto, mas é preciso se preparar para dar este passo importante. Espero, mensalmente, através desta coluna, compartilhar conhecimentos adquiridos ao longo do trabalho junto à CUFA – Central Única das Favelas e à Aliança Empreendedora, de capacitação para empreender.

Neste primeiro mês, quero ressaltar a importância de se formalizarem como Micro Empreendedor Individual (MEI), um tipo de empresa super simplificada para qualificar o trabalho do autônomo como empresa. Como MEI, além de emitir nota fiscal e poder prestar serviços para empresas e governos, o empreendedor ainda passa a ser contribuinte do INSS, garantindo direitos como os auxílios doença e maternidade. Como há carência para acessar esses direitos, é necessário manter em dia a contribuição mensal que garante tudo isso, hoje, no valor de R$52,70 (maior taxa). Para quem ainda está na informalidade ou iniciando seu negócio, bola pra frente: é possível empreender com sucesso usando o que já temos, com mão na massa para fazer as coisas acontecerem e informação!

No dia 16 de abril, iniciarei pessoalmente, na Cufa Paraisópolis (Rua Manoel Antônio Pinto) uma nova turma de capacitação para quem quer se capacitar, para empreender no seu próprio negócio. Mais informações por e-mail.

Compartilhar.

Autor

Carioca, 38, moradora de Paraisópolis, coordenadora da CUFA – Central Única das Favelas na comunidade, aliada da Aliança Empreendedora para capacitação de empreendedores de comunidades, produtora na Madalena - Agência de Talentos da periferia, esposa de um MC de Rap Nacional e amante do gênero e da cultura Hip Hop. Professora e Marketeira por formação.

Deixe uma resposta