Dona Nenê: A centenária de Paraisópolis esbanja simpatia na comunidade

7
Francisca Rodrigues / Agência Paraisópolis

Francisca Rodrigues / Agência Paraisópolis

Por Francisca Rodrigues / Agência Paraisópolis

Nascida em Mutuipe (BA), Maria Porfíria de Jesus, mais conhecida como dona Nenê na viela onde mora, esbanja simpatia, sabedoria e saúde aos 103 anos de idade. A senhorinha de aproximadamente 1,30 m de altura veio para São Paulo em 1997, alguns anos após a morte de seu esposo. A decisão da filha mais velha, Nadir, foi a solução encontrada para que dona Nenê pudesse ficar mais perto dos filhos e netos, já que boa parte da família mora em Paraisópolis.

Embora seja muito querida pela família, dona Nenê vive sozinha em uma pequena casa de três cômodos na viela do Campo do Alemão, mas sempre quando podem, filhos e netos auxiliam nas tarefas de casa, que ela faz questão de executá-las.

Desde que ficou viúva, há 24 anos, Maria Porfíria vive uma rotina que, segundo ela, a mantém sempre forte. Acorda às 7 da manhã, toma café, prepara o almoço e até lava roupa. Dona Nenê faz questão de ressaltar que o segredo se sua longevidade está na alimentação e sua rotina.

Apesar de morar na comunidade há 16 anos, dona Nenê ainda sente muita falta da Bahia.
Saudosista, a simpática senhora abre um sorriso quando lembra dos tempos em que vivia em Ipiau. Prestes a comemorar seu centésimo quarto aniversário, em 20 de fevereiro, a disposta senhora ainda tem esperança de voltar para a cidade onde foi morar com 16 anos, se casou e criou seus 4 filhos: Nadir, José, Malina, Josuel e também sua neta Márcia.

“Eu só não volto pra lá porque meus filhos estão aqui”. afirma. ” A Bahia é um lugar tão bom minha filha, lá tudo é gostoso!”, finaliza dona Nenê com um sorriso no rosto.

Compartilhar.

Autor

Francisca Rodrigues é jornalista, repórter do jornal Espaço do Povo, apresentadora do programa Meia Prosa (Rádio Nova Paraisópolis, 87.5FM) e assessora de comunicação do Luau Paraisópolis.

7 Comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: