Favelado também pode investir na Bolsa de Valores

Quebrando o tabu, Bolsa de Valores da Favela possibilita pequenos negócios a terem participação nos lucros

 

Por Talytha Cardoso

 

Com muita ginga, gíria e linguagem de fácil compreensão, Murilo Duarte, conhecido como Favelado Investidor, fala aos seus ouvintes e internautas nas plataformas digitais. Murilo percebeu desde os tempos da faculdade, no ano de 2015, que o Mercado Financeiro poderia lhe garantir um futuro promissor, porém, a linguagem mais refinada não contribuía para que as pessoas compreendessem bem e até pensassem que só os ricos, ou quem teria um fundo de reserva, poderia investir sem ter problemas futuros.

 

Foram os amigos de trabalho do Favelado Investidor, até então apenas conhecido como Murilo, que o incentivaram a se aprofundar mais sobre o assunto, já que sabia explicar essa difícil linguagem de forma simples e fácil. O aprendizado na faculdade de Administração de Empresas, foi um dos responsáveis nesse processo de conhecimento e transição do anonimato para as redes mundiais.

 

E assim, no ano de 2019, Murilo já era o Favelado Investidor, um jovem que havia saído da periferia da zona oeste de São Paulo, do bairro João XXIII, para o mundo, tudo graças a tecnologia por meio das redes sociais, possibilitando e difundindo uma linguagem simples, à lugares bem distantes do seu estado e até país, alcançando milhares de pessoas Assim como Murilo, Eduardo Pedro, também nascido e ainda morador do bairro do Jardim Ângela, localizado na zona Sul de São Paulo, viu no Mercado Financeiro a oportunidade de mudar de vida.

 

Segundo ele, a ausência de aulas sobre finanças na sala de aula, acaba por retardar o aprendizado de como a pessoa pode gerenciar o dinheiro no seu dia a dia, e vê nessa lacuna, uma deficiência, que poderia ser suprida pela reposição de mais aulas voltadas para o mercado financeiro, visto que é uma disciplina que contribui para as pessoas pensarem mais sobre como fazer seu dinheiro render. Hoje, ele investe numa das principais Bolsas de Valores do país, fazendo disso seu ganha pão. Seus investimentos são desde empresas de turismo até mercado imobiliário, estando sempre atento aos pregões eletrônicos via Home Broker – (acompanhamento de forma remota de casa ou outro lugar). 

 

Recentemente, Murilo esteve no Slum Summit, para falar da sua trajetória de sucesso e de como é possível, mesmo sendo morador do bairro de periferia, investir e se tornar bem sucedido. 

 

O evento foi realizado em Novembro em Paraisópolis, onde muitos empresários, como a gigante varejista do país Magalu, presidida pela Luiza Helena Trajano e apresentadores como Luciano Huck, Cris Arcangeli entre outras pessoas anônimas mas engajadas com a causa, estiveram presentes contribuindo com fundos sociais. 

 

Na oportunidade, foi lançada a primeira IPO (Oferta Pública Inicial) da Bolsa de Valores da Favela, sendo a Favela Brasil Xpress a primeira empresa certificada pela DIV-HUB a receber investimentos. Na última Black Friday, foram mais de 13 mil entregas feitas pela empresa. E com a abertura da primeira IPO da Favela Brasil Xpress, as pessoas podem se tornar participantes dos lucros de uma fatia da empresa, com investimentos iniciais de R$10, tendo liquidez a cada três meses sobre lucro de 5% das ações investidas. Ou seja, o valor que o participante recebe dos lucros da empresa é proporcional ao que ele investe. Se, inicialmente, ele investiu R$10, vai receber 5% sobre este valor, e assim sucessivamente.

 

A iniciativa de criar uma Bolsa de Valores da Favela, veio para atrair pequenos empreendedores da comunidade e de fora, que de forma tradicional, não teriam como fazer investimentos mais altos numa bolsa de valores convencional. A proposta da bolsa de valores voltada para a comunidade, visa romper barreiras dentro do Mercado Financeiro e colocar os pequenos entre os grandes. A vantagem de um pequeno empreendedor, aderir ao IPO da Favela Brasil Xpress e outras empresas, é fazê-lo se sentir parte desta oportunidade de expansão para a sua pequena empresa e futuros lucros.

 

O G10 HUB de Aceleração de Negócios já está trabalhando para incluir outras empresas do seu negócio na Bolsa de Valores da Favela. Para poder ter participação de uma fatia dos lucros da empresa, basta acessar o site https://bit.ly/3oY0adZ ou baixar o app da DIV-HUB e procurar pela Favela Brasil Xpress.

LEIA TAMBÉM: