Núcleo de Pesquisa Urbanística ‘Informa’ promove curso para jovens de Paraisópolis

No mês de julho o Espaço PIPA foi âmbito do curso de “Protagonismo Social e Desenvolvimento Urbano Sustentável”. Inteiramente gratuito, com dedicação diária de 4 horas, turmas matutina e vespertina, direcionado a jovens moradores de Paraisópolis.

O curso foi idealizado pelo escritório RADDAR, Núcleo Inter-institucional de Pesquisa Urbanística IN/FORMA, Massachusetts Institute of Technology, Instituto Lina Bo e P.M. Bardi, Instituto Escola do Povo e XII Mostra Cultural de Paraisópolis. O curso contou com o apoio de instituições, palestrantes e debatedores, brasileiros e também do México, Estados Unidos e Espanha.

A partir de intenso convívio entre os 70 alunos, 14 palestrantes e uma equipe internacional de 10 arquitetos e urbanistas, foi possível debater o protagonismo social, o desenvolvimento e planejamento urbano, o espaço público e formular prioridades e estratégias de atuação para Paraisópolis, contribuindo tanto para a formação crítica dos jovens participantes, como para a instrumentalização de agentes locais.

No dia 5 de agosto, foram entregues os certificados e anunciados os 5 finalistas do curso, jovens que terão seus projetos pessoais acompanhados e impulsionados. Cléria Souza, que conquistou o 1° lugar, ganhou uma bolsa de estudos em Cape Town, África do Sul, e Laura Viana vai participar do Programa Au Pair nos Estados Unidos, prêmios possíveis graças à parceria com a empresa de intercâmbios e viagens STB.

Agora, o objetivo central do grupo é tirar do papel algumas de suas ideias. Para isso, a partir de conversa entre jovens, arquitetos e urbanistas, foi criado um espaço de debate e formulação de projetos locais, visando um horizonte melhor e possível para Paraisópolis!

Além disso, em parceria com o Massachusetts Institute of Technology, o escritório RADDAR estuda as possibilidades de construção de um instrumento de mapeamento digital, on-line e colaborativo para Paraisópolis, contribuindo para a difusão de conhecimentos, de dados técnicos e para o empoderamento da comunidade e de seus protagonistas sociais.

Com informações do escritório RADDAR.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.