Cristina Josefa | Não tenha medo do novo. Foque nos seus objetivos!

0

Empilhamos desejos, objetivos, projetos…e já nessa fase, demandamos energia.

Passa o tempo, olhamos e o que vemos: tudo engaiolado ou adormecido.

Acredite, isso acontece a todo o momento. Justamente agora, por exemplo, deve estar acontecendo.

Algo também muito comum é a cobrança que fazemos sobre ser certeiro na decisão a tomar.

Mas,  gente, quem é que tem essa garantia?

Ao meu ver, nem eu e nem você.

Sentiu um certo alívio?

Certeiro mesmo é apertar o Play

Cada escolha gera “N’s”  possibilidades.

Diante dessas várias portas que se abrem, novas direções surgem, teremos novas perguntas e, consequente, novas respostas.

É normal achar que o novo dá medo,  mas, o que nos garante que o velho também não dará?

Percebe que, mesmo a situação aparentemente mais segura, não nos assegura de nada?

Logo, um novo passo não é o vilão.

Quando saber se estamos preparados para uma nova decisão?

No fundo, uma voz ecoa dentro da gente. Muitas vezes estamos desatentos ou nos esquivamos mesmo. Mas, ela se faz presente, ora em voz alta, ora sussurrando e, às vezes até em silêncio.

Há ciclos que já sabemos que a data de validade expirou e, quando nos privamos de viver novas embarcações é como se estivéssemos ancorados.

Mas, força, muitos de nós sentimos isso diversas vezes. Você não está só. Este desconforto já pode sinalizar o início do processo de decisão.

Como avançar?

Dicas não são fórmulas de sucesso, são apenas sinalizações de possíveis inícios, porém, cada um encontrará o seu jeito de conduzir.

Veja algumas reflexões macro que podemos utilizar de ponte:

Ter a consciência da necessidade de que “algo” pede mudança;

A partir disso, estudar possíveis impactos do que pode ocorrer (digo possíveis,  pois, nem sempre as coisas acontecem como visualizamos);

Que tal, catalogar pontos (positivos) e (negativos)?;

O foco vai exigir uma energia direcionada. Alguns dias estarão determinados, outros, nem tanto. A sua determinação ditará a permanência e o caminho em direção a mira.

Se sente preparado para arriscar?

Olhe-se no espelho, de peito aberto. Aprecie o seu valor. O parabenize pelas suas habilidades. Reconheça onde precisa evoluir imediatamente – e também, a médio e  longo prazo;

Busque Cases Inspiradores;

Determine o seu alvo;

Dê os primeiros passos…

Não dê ouvido a todas as vozes. Seja atento e filtre sempre.

Os problemas, a queda, o fundo do poço, a descoberta, o crescimento, a lição, o retorno são seus e estes o farão mais fortes e mais preparados para os próximos “novos” passos de sua vida.

Compartilhar.

Autor

É uma entusiasta do Turismo de Aventura e encantada pela Natureza. Atuou no Teatro. Conectada com a arte em suas diversas manifestações. Fã declarada de aeroportos e suas ricas conexões. Profissional do segmento de turismo, empreendedora, mentora e tem como Mestria o Ato de aconselhar.

Deixe uma resposta