Controle Financeiro na Ponta do Lápis

0

Quanto você gasta por mês com as compras no supermercado? Até quanto você poderia gastar com roupas e sapatos novos? E por mês, quanto você pode gastar no total?

Ao contrário que muitos pensam, fazer o ajuste das contas para saber o quanto pode gastar,é um exercício que

todos podem fazer. Por isso, comece anotando mês a mês todos os seus gastos. Quando criamos o hábito de anotar nossos gastos diários temos mais consciência da nossa real situação financeira e conseguimos identificar oportunidades de redução de custo.

Não importa o lugar onde você vai fazer suas anotações. Pode ser em um caderno, bloco de notas, no celular, em

uma planilha do computador. O importante é anotar o tipo e o valor de entradas e saídas durante o mês. Mas o

que são entradas e saídas?

As ENTRADAS, também conhecidas como receitas ou ganhos são a fonte de renda de uma família, ou seja, de onde vem os recursos financeiros. Veja alguns exemplos de Entradas: Salários, Hora Extra, 13º Salário, Férias, Aposentadoria, Bolsa Auxílio, Pensão, Mesada, Renda Extra, etc.

As SAÍDAS, conhecidas também como despesas ou gastos referem-se para onde o dinheiro vai, por exemplo contas de Aluguel, Luz, Água, Supermercado, Manicure, Padaria, Cinema, Roupas Novas, Viagens, Restaurantes, Manicure, Prestações, etc.

Veja abaixo um exemplo simples, utilizado por família:

Quando você anota, você conhece muito mais sobre seus hábitos de consumo e sua situação financeira.

Veja só:

TOTAL DAS ENTRADAS – TOTAL DAS SAÍDAS = MINHA SITUAÇÃO FINANCEIRA NO MÊS

No caso da família apresentada a situação financeira está positiva: R$3.880,00 – R$3.840,00 = R$40,00

Se a família conseguir mensalmente economizar R$40,00, em um ano ela economizará R$480,00. E se repensado alguns gastos será possível economizar ainda mais. Com planejamento fica muito fácil identificar os exageros que podem ser eliminados para que futuramente sonhos possam ser realizados.

Fique atento!

  1. A entrada de dinheiro deve ser MAIOR ou IGUAL a saída.
  2.  Não esqueça de anotar os gastos pequenos, como aquele café que custa R$2,50. Se você toma-lo todo dia em uma semana custará R$17,50 e em um mês R$75,00!
  3. Reúna todos de casa para que nenhum gasto seja esquecido.
Compartilhar.

Autor

Julia Drezza Gerente de sustentabilidade do Cartão Nova Paraisópolis e coordenadora do programa de educação financeira na comunidade Paraisópolis

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: