Com foco nas produções culturais da periferia, Luau Paraisópolis acontece nesta sexta-feira (25)

0

Música, teatro,  exposição fotográfica, moda e grafite, estas entre outras atrações poderão ser vistas nesta sexta-feira (25/08), a partir das 22h, no Luau Paraisópolis.

Um sarau noturno que acontece desde 2011, o Luau Paraisópolis  reúne artistas, produtores, bandas independentes, estudantes e amantes da arte e cultura e, este ano, conta com o apoio da Fundação Arymax.

“Estamos em um momento especial do projeto.  Este ano voltamos com força total e entendendo a potencialidade do Luau e o impacto que estamos proporcionando em Paraisópolis”, comenta Jefferson Garibald do projeto, que  explica que por meio das mentorias e apoio da Fundação pretende  implantar oficinas e workshops de produção cultural.

Cerca de 15 atrações se apresentam  nesta edição, dentre elas esta a banda Tribo Sonoro, que chega ao Luau Paraisópolis com a sua viagem musical para comemorar seus 5 anos de existência.  Com  base no Fusion Experimental, a banda  toca diversos ritmos musicais com uma pegada brasileira inconfundível.  Já a Kick Bucket vem com um projeto diferenciado de jazz, blues, soul e funk instrumental, e uma bateria compostas por  baldes plásticos acompanhados de materiais não comuns para produção e execução musical.

As atrações contam também com a dupla Heidy e Marta,  cantoras com foco na  black music, e  Mariê, cantora e atriz, intérprete de grandes nomes da MPB,  que deslumbra de ritmos e características fortes em sua música. Acompanhada do cantor e violonista Alan de Miranda, Mariê  levará ao Luau Paraisópolis canções de sucesso da MPB.

Representando o rap,  o rapper e produtor musical Rafael Fish  mostra  suas músicas, compostas a partir de histórias vividas no Campo Limpo,  zona sul de São Paulo, e movimentos rap/hip-hop.

O Luau também terá a exposição fotográfica  “Crianças da minha quebrada”, um ensaio  da fotógrafa Sheila Signário,  moradora de Paraisópolis que vem clicando os movimentos culturais na periferia da zona sul de São Paulo.

Representando o coletivo Cinz´Art, o muralista Diego Cabrera fará um painel  durante o evento.  Já a poesia será representada pelo poeta e escritor Jackson Pedro e Richard Santos, mc, poeta, ativista cultural, organizador e participante de eventos como Sexta Free , Batalha dos Lokos, Leste e Sófálá e membro do grupo de resistência contra genocídio.

O Luau Paraisópolis acontece no  Espaço Pipa, localizado na Rua Manoel Antônio Pinto, 302, em Paraisópolis. Confira  a programação no Facebook

Share.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: