Atividades recreativas auxiliam na saúde do idoso

0
Envelhecer com saúde é prioridade para a população idosa. Manter a mente e o corpo ativos diminui as chances de ter problemas futuros e ajuda na recuperação de problemas tanto físicos como psicológicos já existentes.
Quando praticamos uma atividade de intensidade moderada, os músculos produzem uma proteína, que cai na corrente sanguínea, vai para o cérebro e age nas conexões dos neurônios, melhorando as sinapses.
Além de exercitar o corpo, é importante cuidar do cérebro. O principal problema que a atividade recreativa trata é a perda da capacidade motora, locomotiva e cognitiva, que é ligada ao pensamento. As atividades recreativas, sejam elas do ponto de vista físico, intelectual ou cultural, têm o poder de desfazer o desuso e dar ao indivíduo a possibilidade de voltar a usar suas aptidões ou por vezes usá-las de uma maneira diferente. Quando exercitamos o cérebro, o protegemos de toxinas que podem levar ao processo demencial, como Alzheimer, e preservamos a memória recente.
Alguns projetos em Paraisópolis buscam levar qualidade de vida aos idosos por meio de atividades recreativas, como o grupo Harmonia.Criado em 2001, o grupo visa atender o público da 3ª idade, promovendo atividades físicas três vezes por semana na Arena Palmeirinha, em Paraisópolis. As atividades acontecem das 07h às 08h e tem participação de cerca de 60 pessoas. “O grupo foi criado com intuito de promover atividades para os idosos, mas é aberto ao público de qualquer idade”, explica Neuza Vicente, fundadora.
Embora não tenha uma grade voltada exclusivamente para a 3ª idade, o Centro Educacional Unificado (CEU) Paraisópolis oferece programação com diversas atividades para adultos e a que mais tem a participação dos idosos é o Tai Chi Chuan, que promove uma série de movimentos meditativos lentamente executados. A arte marcial chinesa tem sistema de exercícios de relaxamento e meditação. As aulas acontecem as quartas, as sextas e aos sábados. Para participar, basta comparecer na gestão do CEU e fazer a inscrição.
Como foco no bem estar do público da 3ª idade, o Centro Dia Para o Idoso, oferece diversas atividades como dança, pintura e costura. O idoso pode ficar no local durante o dia e retornar para sua casa à noite.
O Centro Dia vai receber até 30 idosos da região atendida pela prefeitura regional do Campo Limpo. Para participar o cidadão precisa ter 60 anos ou mais e se enquadrar em situações de vulnerabilidade social. Atendendo os critérios deve procurar a sua Unidade Básica de Saúde (UBS) que o atende e pedir ao seu médico o encaminhamento para o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) do Campo Limpo e caso não seja atendido por alguma UBS deve ir até o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo de sua casa.
Além de atividades físicas e cognitivas, é importante cuidar da alimentação para alcançar a longevidade. Pequenas mudanças na rotina podem ser o ponto principal para chegar aos 80, 90 anos com saúde e disposição.
Share.

About Author

Francisca Rodrigues é jornalista, repórter do jornal Espaço do Povo, apresentadora do programa Meia Prosa (Rádio Nova Paraisópolis, 87.5FM) e assessora de comunicação do Luau Paraisópolis.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: