Aprenda a montar um currículo atraente

0

Na hora de montar o currículo ou o portfólio, muitas pessoas têm dificuldade para organizar as suas atividades profissionais e decidir o que entra e o que deve ficar de fora. Antes de tudo, é preciso entender que a objetividade e a clareza são duas características essenciais em um currículo ou portfólio atraente. Por outro lado, cometer erros de português e colocar informações desnecessárias são alguns dos motivos que podem excluir candidatos antes mesmo da entrevista.

Em um momento cada vez mais competitivo, em que as empresas recebem centenas de candidaturas para uma única vaga, construir um currículo atraente pode fazer a diferença. Este será o primeiro contato do recrutador com o profissional e, portanto, é preciso destacar as próprias qualidades e mostrar por que você é o candidato ideal para ocupar o cargo. Pensando nisso, separei algumas dicas para ajudar os postulantes a oportunidades no mercado de trabalho a montarem o currículo perfeito:

1. Honestidade. É essencial que as informações do currículo sejam totalmente verdadeiras. Inventar cargos, cursos, experiências internacionais ou fluência em idiomas pode destruir a sua credibilidade no mercado de trabalho, já que as mentiras podem ser facilmente descobertas durante a entrevista ou a checagem das informações. Além disso, é possível que você tenha dificuldades para realizar as funções exigidas, caso seja contratado;

2. Objetividade. O currículo deve ir direto ao ponto e ter um objetivo definido, deixando claro qual o cargo desejado. Essa informação pode ser trocada de acordo com a empresa e a vaga para a qual se está candidatando. Não se alongue em informações pessoais e descreva brevemente a sua formação acadêmica e o trabalho realizado em suas experiências anteriores. Na hora de listar cursos e atividades extracurriculares, escolha os mais relevantes e que tenham a ver com a vaga pretendida. No caso de um iniciante, uma página é suficiente. Para os mais experientes, não há problema em utilizar três ou até quatro páginas;

3. Clareza e organização. O currículo precisa ser um documento claro, limpo e legível, sem fotos, ilustrações ou muitas cores. Os textos devem ser curtos e bem escritos, já que erros de português são fatais para qualquer empresa. A organização em itens também é essencial para facilitar a leitura;

4. Informações básicas. Dados como pretensão salarial, número de documentos, referências de empregos anteriores e informações de familiares são completamente desnecessários. É fundamental que o currículo se resuma a itens básicos, como objetivo, dados pessoais, formação acadêmica, experiência profissional, idiomas, habilidades e cursos.

5. Habilidades. Evidencie seus talentos e qualificações profissionais, mas evite termos subjetivos, com adjetivos e elogios. Uma dica é destacar a importância das empresas que já trabalhou, destacando a área de atuação, o porte da empresa e seu valor de mercado. Além disso, experiências internacionais, cursos técnicos e trabalhos voluntários, por exemplo, são uma ótima forma de mostrar as suas qualidades e seu interesse em adquirir conhecimento.

Compartilhar.

Autor

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: