Amor Implícito

0

Amor implícito é um poema inscrito pelo morador de Paraisópolis e  ex aluno da escola  Homero dos Santos Fortes,  José Pereira Neves. Ele enviou o poema para publicar no Espaço do Povo  e fez questão de explicar em qual circunstância o escreveu.  Confira:

“Antes de tudo gostaria de explicar em

detalhes o motivo e razão pelo qual me levou a criar esse poema. O

início de tudo foi assim: fui convidado por um amigo para ajuda ele a

fazer um trabalho no seu sitio, que esta localizado em cotia SP. Foi

num final de semana.  Eu estava no horário de descanso na área da

frente da casa, admirando a paisagem do local. E, num dado momento, surge

um beija-flor, demostrando um carinho pela flor azaleia plantada

próxima a área da casa.  Ele ficou bastante tempo demostrando seu

carinho por aquela flor, e naquele momento comecei a me inspirar  no

sentido de eu fazer a demonstração do meu carinho e sentimento pelas

flores e, fazendo comparações do meu sentimento, e do carinho do

beija-flor pelas flores. Expressei mentalmente as palavras do

meu sentimento pelas flores, fiquei muito emocionado. Juntei todas

as palavras citadas, e consegui formar um poema.”

Amor implícito
Quem é o meu amor?
O meu amor, com amor,do meu amor, é diferente do amor do beija-flor pelas flores.
O meu amor tem dúvidas no relacionamento do beija-flor com as flores ,
O meu coração disse ao meu amor: existe amor no beija-flor pelas flores?

Ou algo em relação aos néctares  com os perfume das flores?
Porém, o meu amor é bem diferente do amor do beija-flor pelas flores,
pois ama as flores com o amor do meu amor.

 Em um determinado jardim um beija-flor abandonou uma flor, por motivo dela ter adoecido, e ficou
impossibilitada de produzir o néctar, e por consequência da enfermidade
ficou deprimida, e não conseguia soltar o seu perfume.

São por diversas razões que o meu amor se torna puro e  precioso igual as flores, pois
as amam com o amor do meu amor.
Com ou sem os néctares,ou sem os perfumes, e,  através delas, em  cada
primavera floresce o meu amor.

Compartilhar.

Autor

Francisca Rodrigues é jornalista, repórter do jornal Espaço do Povo, apresentadora do programa Meia Prosa (Rádio Nova Paraisópolis, 87.5FM) e assessora de comunicação do Luau Paraisópolis.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: