A ordem invertida do início das relações

0

O encontro para um café tomou outro lugar na posição do ato de se conhecer. Primeiro, nos conhecemos online, estreitamos a relação, criamos raízes, e somente depois acontece o encontro ao vivo.

A modernidade, o tempero da atualidade tem seus sabores. Nos permite estar mesmo “a olho não nu”. Quanta coisa acontece antes do aperto de mão?

Se é bom ou ruim, acho que não é essa a reflexão e, sim, quão benefícios e propriedade nos traz a troca. O importante mesmo é conectar-se! O universo do outro sempre nos ensina algo. Tanto o presencial, quanto virtual nos:

Amplia;

Estimula;

Incorpora;

Desenvolve;

Reprograma;

Enraíza.

O interessante é equilibrar os mundos, a forma de conviver, distribuindo as energias. Para que evitemos a ausência da presença física ou a imersão de uma relação virtual. Esteja inteiro, seja qual for a forma de se fazer presente.

Compartilhar.

Autor

É uma entusiasta do Turismo de Aventura e encantada pela Natureza. Atuou no Teatro. Conectada com a arte em suas diversas manifestações. Fã declarada de aeroportos e suas ricas conexões. Profissional do segmento de turismo, empreendedora, mentora e tem como Mestria o Ato de aconselhar.

Deixe uma resposta